(941) 412-5414 info@hothouseoftruth.com

FILHOS DO FOGO


 FILHOS DO FOGO | POR- JOE PINTO

Jesus é o fogo! Onde quer que o Espírito vá, o fogo vai. O espírito é o fogo! Precisamos de homens e mulheres que sigam esse pilar de fogo. Precisamos de uma geração que esteja afinada, que eles se tornem o fogo que segue, uma verdadeira coluna de fogo. Jesus foi um seguidor do pilar. Ele seguiu esse fogo, mesmo que O tivessem levado ao deserto, na glória, na perseguição, aos fariseus ou na igreja. Onde quer que esse fogo fosse, Ele seguia. Onde quer que o Pai desejasse que Ele fosse, Ele foi. Tudo o que o Pai queria que Ele dissesse, Ele disse.

Jesus disse aos fariseus: “Eu não faço o que quero, mas faço o que Aquele que me enviou quer. ” O cristianismo não se trata de um monte de pessoas se tornando indivíduos melhores, o cristianismo é sobre se tornar um enviado Dele. É sobre estar literalmente possuído por Deus e Seu plano. Jesus era um homem possuído, tomado pelos planos de Deus. Todo o seu tempo, todos os seus pensamentos foram dedicados a ser obedientes à mente e ao coração do fogo de Deus, seu Ser foi dedicado ao fogo de Deus. Ele se tornou o fogo! Ele não foi apenas o segundo Adão, mas Ele era o fogo, o filho do fogo.

Ele estava tão envolvido, tão arraigado na presença ardente de Deus. Moisés estava com medo do fogo, mas Jesus se tornou o fogo. Ele se tornou o arbusto, Ele se tornou o material que Deus usaria para queimar e confrontar os seguidores de Moisés. E, assim como Moisés, os fariseus e as pessoas religiosas daquele dia também não suportaram o calor. Quantos hoje serão capazes de lidar com o calor?

A religião é inútil, porque eles pregam sobre o evangelho do fogo, mas eles nem querem tocar o fogo. Cuidado com aqueles que têm uma forma de piedade, mas negam o poder. Cuidado com os religiosos sem o óleo. Eles não têm o óleo porque não têm o sacrifício. Cuidado com o tipo de Moisés (líder) que corre ou questiona quando o fogo de Deus desce.

Deus está vagando pela terra procurando por bombeiros que querem se tornar arbustos. Que queiram se tornar o material em que o fogo pode repousar. Os amigos de Daniel estavam no fogo, mas nunca foram queimados por ele. A sarça ardente estava pegando fogo, mas nunca queimou Moises. Muitos são queimados pelo fogo de Deus porque não abraçam o fogo. Deus colocou o fogo em um arbusto primeiro porque o arbusto não tinha vontade própria. Muitos entram no fogo de Deus, mas depois começam a resistir ou têm vontade própria, isso deixa uma marca de queimadura no coração. Quando abraçamos o fogo, nos tornamos fogo. Os amigos de Daniel saíram daquele fogo e não tinham cheiro de fumaça, nem fogo; mas eles eram uma ardente chama de fogo por dentro. Os inimigos de Elias foram consumidos pelo fogo porque tentaram ter seus próprios deuses em torno do fogo de Deus.

Precisamos de uma geração que se torne esse fogo e irradie o brilho de Sua luz. Isso confrontaria os Moises e as pessoas religiosas desta época. Onde eles estão? Onde estão os que vivem pelo fogo e no fogo?

Onde está a geração de pessoas que deixarão uma marca eterna no coração de todas as almas da Terra? E mesmo que as pessoas acreditem ou não, essa marca irá abalar elas até o âmago. Onde estão os seguidores incondicionais de Cristo? Não os seguidores que apenas carregam folhetos, bíblias e faixas, mas seguidores incondicionais que literalmente dão todo o seu tempo, pensamentos, intenções e desejos a Deus e dizem: “Faça o que bem entender. Ponha-me em chamas por você. Consuma minha vida e a tome como sua. Consuma meus passos, e os converta aos seus caminhos. Deixe-me ser possuído por todo pensamento que passa pela sua mente. Queime minha vontade, meus pensamentos e os torne em cinzas, e que toda palavra que eu digo proceda da sua boca.”

Meu coração não pode ter marcas de queimaduras se ele for uma chama de fogo. É somente quando o fogo de Deus sai que as marcas de queimaduras aparecem. Bem-aventurados os que entram no fogo e nunca saem.

“Pai, deixe-me ser um daqueles a quem o senhor fala: que eu vá aonde quer que o Seu Espírito vá. Aonde for as quatro criaturas que rodeiam o trono, que eu vá também, onde quer que o turbilhão de Deus vá, que eu siga adiante! Jesus, deixe-me tornar como o fundador da marca do fogo. Que a vida que Jesus viveu, o coração ardente que Ele tinha dentro de si mesmo, que queimou para agradar a Deus, que tudo isso viva em mim. Um coração que buscava o Senhor em tudo, com total zelo ininterrupto por Deus. Pai, que seja esse o meu coração.”

Jesus nunca se cansou, no sentido de nunca deixar de buscar a Deus de uma maneira ousada e furiosa. Alguém disse a Jesus: Senhor, eu te seguirei! E Jesus disse: “O Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça”. Este homem foi totalmente abandonado, se absteve da própria vida, esgotado para cumprir à plena vontade de Deus. Comprometido em nunca fazer o que Ele próprio poderia ter desejado, mas fazer o que Deus queria a cada segundo da sua existência. E para aqueles que querem se tornar a imagem do fogo nesses dias, façam o mesmo. 

Ao ouvir, ele julgou. Como ele viu, ele fez. Como ele sentiu, ele se moveu. Como ele foi guiado, ele foi. Fiel até o fim ao cumprir a vontade do Espírito. Vendo, ouvindo e sentindo o que Deus estava fazendo, e consequentemente- fez o mesmo. Ele era um homem de fogo, em profunda chamas pelo desejo do Pai. Onde estão os que trarão de volta aquele fogaréu? Onde está a lareira? Deus - Traga a manifestação dos Seus filhos. Traga os Filhos do Fogo!

- Por | Joe Pinto -


Comments (0)


Add a Comment





Allowed tags: <b><i><br>Add a new comment: